O-Poder-de-Transformação-que-a-Igreja-Carrega

O Poder de Transformação que a Igreja Carrega

Entrevista com a Ministra Damares Regina

 

Damares-Regina

Damares Regina Alves é advogada e pastora evangélica e atual ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do governo Jair Bolsonaro. Damares escreve para a revista Geração do Reino, sobre o papel da igreja com a família, infância e direitos humanos.

 

Como a igreja falha em relação aos direitos humanos no Brasil?

A igreja falha em não compreender o que é de fato a luta pelos direitos humanos. Não é essa interpretação que existe no coletivo de que direitos humanos é apenas cuidar de bandidos na cadeia e da comunidade LGBTI.

Na hora que a igreja fizer a leitura do que é verdadeiramente os direitos humanos, eu acredito que a igreja vai se engajar mais. Quando a igreja compreender que direito a vida é direitos humanos; direito a água, direito a educação, direito a mobilidade, direito à moradia, tudo isso é direitos humanos.
A igreja já faz o seu papel de direitos humanos sem compreender que o que ela faz é em defesa dos direitos humanos. Quem inventou os direitos humanos não foi nenhum partido, nenhum líder político, o maior defensor de diretos humanos que nós conhecemos chama-se Jesus Cristo.

 

Em o papel da igreja em relação a Família?

A igreja precisa ajudar a restaurar as famílias, a resgatar alguns valores, por exemplo, o princípio da autoridade e submissão, autoridade dos pais e submissão dos filhos, este princípio precisa ser resgatado, valorizado, incentivado e divulgado.

O que nós estamos vendo hoje são pais cristãos querendo ser amigos dos filhos. Tem muito pai querendo ficar “bem na fita” com o filho e não exercendo a sua autoridade de pai. O pai precisa exercer sua autoridade de pai e o filho precisa compreender o seu dever e seus direitos de filho também. Esse princípio de autoridade e submissão é algo que a igreja não vem trabalhado nos últimos tempos e nós precisamos resgatar isso.

A família precisa ser valorizada em todas as configurações. Nós vivemos um momento hoje em que nós temos configurações diversas de famílias dentro da igreja. Nós temos que trabalhar o fortalecimento dos vínculos. Dentro da igreja, nós temos hoje famílias com mulheres divorciadas, mulheres viúvas, mulheres solteiras, mães solteiras. A igreja precisa se adequar a estes formatos e estas configurações familiares e trabalhar no fortalecimento de laços, sempre defendendo a família natural, tradicional, mas compreendendo que outras configurações de famílias existem e elas precisam ser fortalecidas.

 

Qual a sua mensagem para as Famílias?

Eu diria para os pais voltarem a tomar as rédeas da educação de seus filhos, os pais do Brasil estão terceirizando a educação. Existem pais que ligam no conselho tutelar para que resolvam um conflito entre ele e uma criança de 6 anos de idade. Os pais precisam exercer o seu verdadeiro papel de pai. Infelizmente o que a gente vê no meio de muitos cristãos é que o que eles mais querem é escola em tempo integral, é deixar o filho o tempo todo na escola, quanto mais terceirizar a educação dos filhos, melhor.

Temos que entender que escola ensina, mas família educa. E a família tem que entender esta função e tem que cumprir este dever.

Curso | Entendendo a Deus

O curso Entendendo da Deus tem sido ministrado na Igreja Monte Sião desde o ano de 1977 e milhares de pessoas já realizaram este curso que foi desenvolvido por Pra Sarah Hayashi em parceria com Patricia Beall Gruits.

Escola ZAO
contato@escolazao.com.br

A Escola ZAO nasceu com o propósito de Renovar Mentes e Transformar o Mundo.

Nenhum Comentários

Escreva um Comentário

Quero Receber Conteúdo!

 

loading…